17/08/2021

Conheça mais a Coopama e sua história de sucesso através do Hub de Ação Circular

A Coopama foi fundada em 2004 no Rio de Janeiro e hoje tem 71 associados. Ao longo dos anos, a Coopama amadureceu seus procedimentos administrativos e operacionais e buscou incessantemente capacitar seus colaboradores. A associação realiza coleta, triagem, recuperação e destinação de resíduos sólidos em larga escala em diversos contextos incluindo coleta oficial municipal, grandes geradores de resíduos, áreas urbanas (eventos) e ecobarreiras em rios, além de consultoria e  palestras sobre gestão de resíduos.

A gerente administrativa, Luana Fernandes, falou conosco sobre o impacto dos recursos financeiros recebidos do Hub de Ação Circular para a operação da associação. “O crédito da BVRio entrou em dezembro e já pode ajudar bastante a cooperativa.  Conseguimos manter o pagamento dos impostos em dia, aumentamos em 50% a remuneração de cerca de 30 cooperados que trabalham como catadores e na triagem, instalamos ventiladores para a área da triagem no galpão e reformamos as nossas instalações elétricas. Os recursos ajudaram também na regularização do licenciamento da cooperativa. Com a entrada deste dinheiro, pudemos continuar com os trabalhos da cooperativa durante pandemia e fazer todas essas melhorias”.

Trabalham com quase todos os tipos de resíduos não perigosos, incluindo lixo eletrônico, óleo vegetal, isopor e madeira, e desenvolveram um programa de marcenaria para construir e reformar móveis usados. Eles também construíram e administram um ‘museu’ de resíduos sólidos aberto à visitação, onde recebem alunos de colégios e universidades para atividades de educação ambiental.

Os princípios do cooperativismo e da economia solidária norteiam a organização e a missão da Coopama é ser um coletivo de trabalhadores de materiais recicláveis que se auto beneficia com trabalho e geração de renda, promovendo o reaproveitamento de produtos, economizando recursos naturais, beneficiando a sociedade.

“Daqui para frente, queremos fazer cursos de treinamento para o próprio cooperado e ajudar na recuperação dos documentos de alguns colaboradores. Nossa ideia é colocar um epóxi no chão para facilitar a limpeza diária com água, pintar o galpão, por exemplo. Todas essas benfeitorias trazem a possibilidade de novos projetos. A cooperativa está mais organizada e pode receber mais visitantes. Nosso foco agora será no desenvolvimento social dos cooperados e no desenho de novos projetos”, concluiu Luana.

Cadastre-se na nossa newsletter

COPYRIGHT 2021 CIRCULAR ACTION HUB, ALL RIGHT RESERVED